Início > Notícias

 

 

Fórum Empresas para a Igualdade

2016-12-09

 

Decorreu esta terça-feira, no Salão Nobre do Instituto Superior Técnico, a cerimónia de assinatura dos acordos de adesão e renovação de compromissos do iGen, Fórum Empresas para a Igualdade, onde os SIMAR, representados pelo Sr. Presidente do Conselho de Administração, Hugo Martins, formalizaram o ato de adesão, onde se comprometeram a promover medidas para a igualdade de Género nas suas políticas internas.

 

 O Fórum iGen foi criado em 2013 e reúne organizações dos setores privado, público e cooperativo, com o objetivo de promover medidas para a igualdade entre mulheres e homens, alinhando com a Estratégia Europeia 2020, as prioridades do Estado Português e os objetivos da CITE.

 

Os SIMAR assinaram o Acordo de Adesão com a Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego (CITE), comprometendo-se a afirmar, reforçar e evidenciar a sua cultura coletiva de responsabilidade social e justiça, incorporando nas suas estratégias de gestão, os princípios de igualdade e não discriminação entre mulheres e homens no meio laboral, promovendo assim a igualdade no trabalho e no emprego, com a proteção na parentalidade e na conciliação da vida profissional, familiar e pessoal.

 

A sessão contou com a presença do Ministro-adjunto, Dr. Eduardo Cabrita, do Secretário de Estado do Emprego, Dr. Miguel Cabrita, do presidente do Instituto Superior Técnico, professor Arlindo Oliveira, da presidente da CITE, Dra. Joana Gíria, do presidente do Conselho de Administração da Baía do Tejo, Dr. Jacinto Pereira e da vice-presidente do Conselho Científico do Técnico, professora Teresa Duarte. Foi realizado um enquadramento histórico universal onde se evidenciou a discriminação entre géneros, como era o direito ao voto nos Estados Unidos da América, por exemplo, e, no caso concreto de Portugal, mencionaram-se razões culturais e sociais para a diferença, chegando ao caso particular de Maria de Lourdes Pintasilgo, primeira estudante de engenharia e antiga Chefe de Governo, que dá nome ao Prémio instituído pelo Técnico este ano, que irá galardoar anualmente duas mulheres, formadas nesta instituição.

 

 Durante a última crise económica e financeira em Portugal, foram as mulheres as principais vítimas das restruturações empresariais, o que revela que a igualdade de género tem que ser entendida como uma condição relevante para obter o melhor aproveitamento de todo o potencial existente nas pessoas, independentemente de se tratar de homens ou de mulheres.

 

 Veja aqui algumas fotos

 

 

selos
Mapa do Site
Perguntas Frequentes